Equipe Animal - Parabuteo

CLASSIFICAÇÃO CIENTÍFICA
ORDEM: Accipitriformes
FAMÍLIA: Accipitridae
CLASSE: Aves
NOME CIENTÍFICO: Parabuteo unicinctus
NOME POPULAR: Gavião Asa de Telha
Nome inglês: Harris Hawk
Nome em Castelhano: Gavilan Mixto
Outros nomes: Gavião de asa castanha

DISTRIB. GEOGRÁFICA: Sudoeste dos Estados Unidos (do Texas à Califórnia), no México e nas zonas áridas da América Central e do Sul. É encontrada no Brasil oriental, meridional e central.
HÁBITOS ALIMENTARES: Pequenas aves e pequenos roedores
REPRODUÇÃO: Constroem seus ninhos em árvores, onde põe de 2 a 4 ovos (em média 3). A incubação dura de 33 a 36 dias
PERÍODO DE VIDA: Em torno de 25 anos
HABITAT: Campos, vegetação aberta

É uma ave de rapina, de médio porte (48 a 56 cm – sendo a fêmea maior que o macho), com envergadura que pode atingir 115cm. É uma espécie bastante arisca, não permite a aproximação de humanos com facilidade.

Parabuteo vem do grego para= similar ou próximo ao buteo (Buteo género de aves da família Accipitridae que compreende os gaviões de hábitos diurnos) e unicintus vem do latim uni= uma vez e cinctus=cercar, rodear, uma referência à faixa branca na base da cauda.

Habita zonas pantanosas com árvores isoladas, bosques, cerrados, pastos e beiras de bosques. Além de parecer um pouco com uma águia (rosto semelhante ao das Aquilas), o Gavião Asa de Telha é muito estratégico.

De vôo rasante e estacionário, caça no começo e fim do dia, lançando-se em vôo rasante sobre a presa. Abrem as asas para abafar a reação da presa (uma cobra, por exemplo) evitando levar uma picada no corpo. Preda pequenos vertebrados, podendo caçar aves até o porte de uma galinha e mamíferos de porte semelhante a um coelho. São bastante inteligentes caçando cooperativamente. Caçam frequentemente em grupos de 3 a 6 indivíduos, liderados por uma fêmea, tendo assim capacidade de se alimentarem de presas maiores.

Uma fêmea pode acasalar com mais de um macho, aumentando assim o sucesso reprodutivo. O 3º membro da família, usualmente um macho, ajuda a cuidar do ninho, ajuda na incubação, fornece alimento, alimenta as crias e defende os ninhos.

Classificado na falcoaria como ave de "baixo-vôo", caça em ambientes abertos e arborizados. É um eficiente predador de vertebrados, caça frangos d’água, pombas silvestres, ratos do mato, passarinhos diversos, codornas, pequenas garças entre outros.

Tornou-se popular na falcoaria, no século XX, por ser muito versátil, adaptável e fácil de treinar.


VISITE NOSSA FAN PAGE e fotos veja as fotos dos eventos!

Log in